A fusão da SolarCity com a Tesla Motors e o futuro das tecnologias renováveis - Blue Sol Energia Solar

A fusão da SolarCity com a Tesla Motors e o futuro das tecnologias renováveis

Gostou?

Presidente da SolarCity e CEO da Tesla Motors, Elon Musk explica como a fusão dessas empresas que ajudou a criar ajudará na maior integração das tecnologias e redução dos custos aos clientes.

Texto fusão SolarCity
Divulgação: Tesla Motors

Após quase um mês desde a proposta inicial da Tesla Motors pela compra da SolarCity, foi anunciada nesta segunda (1) que as empresas chegaram em um acordo. O negócio de U$2,6 bilhões unirá a fabricante de carros elétricos e baterias de armazenamento com a empresa de instalação de sistemas fotovoltaicos, integrando as tecnologias e oferecendo aos clientes a solução completa em energia limpa.

“A tecnologia solar e de armazenamento são otimizadas quando combinadas. Como uma única empresa, Tesla (armazenamento) e SolarCity (Energia Solar) poderão criar produtos residenciais, comerciais e de grande escala totalmente integrados, que irão melhorar a forma como a energia é gerada, armazenada e consumida ”, disse a SolarCity em comunicado postado em seu blog.

Musk diz que o objetivo da fusão é fazer da nova Tesla uma empresa totalmente “limpa”, unindo a venda dos veículos elétricos com os sistemas solares, oferecendo aos consumidores assim uma única fonte de energia para garantir um “estilo de vida com baixo consumo de carbono”.

O empreendedor é conhecido pelo seu foco em negócios e soluções sustentáveis, e essa junção vai em acordo com esses objetivos. Tendo fundado a SolarCity em 2006, juntamente com seus primos, Peter e Lyndon Rive, Musk agora enxerga novos horizontes para a empresa, a qual começará também a produzir os módulos fotovoltaicos a partir do ano que vem.

Esse negócio apenas confirma a tendência mundial em prol das fontes renováveis, com a solar fotovoltaica ocupando posição de destaque. Com a quantidade maior de investimentos na pesquisa e desenvolvimento dos equipamentos, podemos esperar por módulos fotovoltaicos cada vez mais eficientes, a redução dos custos de produção e consequentemente dos valores de venda, contribuindo para a crescente popularização dos sistemas.

Fonte de Informação: Solar City Blog

Compartilhe


Comentários